29 de dezembro de 2014

A musica do ano!

Somente um ano maluco como 2014 para ter como a "Música do Ano" uma canção lançada em 1969. Graças aos nossos hermanos argentinos e sua "hinchada", com criatividade que envergonhou a patética torcida da Seleção da CBF nas arquibancad... quero dizer, cadeiras, das Arenas da Copa do Mundo, o hit DECIME QUE SE SIENTE não parou mais de ser executado.
A canção que já tinha virado tradição nas arquibancadas argentinas, agora tem sua versão em praticamente todas as grandes torcidas do Brasil.

A origem de "Decime que se siente" vem do Rock Clássico do Creedence Clearwater Revival, lá em 1969...



E veio a Copa do Mundo com a invasão dos hermanos por aqui



Esse video foi gravado por mim mesmo, na Savassi em BH na véspera do jogo contra o Irã



As torcidas argentinas já tinham a sua versão. Aqui, a do River Plate manda o recado para a do Boca Jrs.



Bostero decime que se siente
la cancha vos no podes llenar
sera que cada vez son menos
que usan parlantes pa? alentar
Bandera negra vos pones
a tu equipo abandonas 
no se puede el sentimiento chamuyar
andes mal o andes bien
eso vos ya lo sabes
el mas grande sigue siendo River Plate

E a do Boca rebate



River decime que se siente haver jugado el Nacional.
Te juro que aunque pasen los años, 
nunca lo vamos a olvidar. 
Que te fuiste a la B, quemaste el Monumental,
esa mancha no se Borra nunca maaaas!!
Che gallina sos cagon, le pegaste a un jugador, 
que cobardes los Borrachos del tablón

No Brasil, a do Vasco foi uma das primeiras a adaptar o cântico:



Mulambo me diz como se sente,
não ter estádio para jogar.
Ganha somente no apito,
a mídia suja a te apoiar.
O Edmundo te humilhou,
o Pedrinho te calou,
no Maraca eu sou o seu maior terror!
De 7 a 0 eu já ganhei,
o chocolate deu replay,
a favela se calou mais uma vez.

E a do (acredite) América-MG também



Atlético Decime que se siente
Não ter estádio pra jogar
Eu juro que com passar dos anos
Sempre o aluguel terão que pagar
Eu sou decacampeão! Time de tradição!
Vocês são inquilino no caldeirão...
Esse ano vocês vão ver,
Vamos ganhar a série B

Obina é melhor do que Tardeleeee...

A do Atlético é tão chiclete e "tocou" tanto, principalmente por causa da final da Copa do Brasil que viciou até os jogadores do time:





Maria, eu sei que você treme
Sempre que o Galo vai jogar
Eu vi Riascos ir pra bola
E o Victor de bico isolar
Nove a dois eu já ganhei,
Vi o gol do Vanderlei
E o Fábio lá de costas a chorar
Do Veron eu vou lembrar*,
o Mineirão se fez calar
E o Galo para sempre eu vou amar

* Já existe uma adaptação na letra que muda para: "do Tardelli eu vou lembrar, o Mineirão se fez calar, esperando a Quarta-Feira do Goulart"


E a mania se espalhou pelo Nordeste, e chegou a torcida do ABC-RN:




Mequinha, me diz o que tu sentes…
Em ser freguês do teu rival…
Te juro mesmo passando os anos…
Nunca nos alcançará!
Jogando no Machadão
Na Arena ou Frasqueirão
O ABC sempre será o campeão!


"Decime que se siente" é uma música de provocação, porém algumas torcidas adaptaram apenas para exaltar o próprio clube. A do Flamengo ainda tem uma pequena referência aos rivais quando fala do Mundial, conquistado em 1981 e é um título que apenas eles têm no Rio:




Acima de tudo rubro-negro
Amor maior não tem igual
Eu juro que no pior momento
Vou te apoiar até o final
Dá-lhe, dá-lhe, Flamengo
Dá-lhe, dá-lhe, Flamengo
Sou Flamengo com muito orgulho e com muito amor
No Maraca vou torcer
Arco-íris vai tremer
O Mundial vocês nunca vão ter.

Uma das torcidas mais legais do Brasil, a do Criciúma, também adaptou a música em exaltação própria, mas aqui faltaram dois detalhes: um rival direto e um pouquinho a mais de criatividade nos versos finais:



Somos do time carvoeiro
Aquele da torcida sem igual
Não importa onde jogue o carvoeiro
Nós vamos apoiar até o final
Dá-lhe, dá-lhe, tricolor, dá-lhe, dá-lhe, tricolor. Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe, tricolor...

Talvez a que eu mais gostei tenha sido a do Coritiba. Ela é interessante pelo fato de não citar nenhuma vez o nome ou fazer referência ao rival Atlético. 



 Hoje vim pro Couto bem mais cedo
Beber com a torcida na Mauá
Torcida que nunca abandona
E que nunca para de cantar
Vamos vamos meu Verdão
Quero ser o campeão
Jogue pela nossa história e tradição
Estou aqui pra te apoiar
Nunca pare de lutar
Coritiba o maior do Paraná


Tem mais, acredito que exista umas 40 versões entre times grandes, médios e pequenos. E sabe o que é mais legal? Essa praga gruda na cabeça pior que música do É o Tchan. Você vai continuar ouvindo isso pro resto do dia na sua rádio mental. 

Feliz Ano Novo!