16 de maio de 2016

Futebol amador chega ao Mineirão na 14ª Semana de Museus

Exposição fotográfica destaca campos de várzea de BH e seus entornos.
Mesa redonda e inserções do Educativo fazem reflexões relacionadas ao tema




O Museu Brasileiro de Futebol (MBF) participa desta terça-feira (17) até domingo (22), da 14ª Semana de Museus, evento promovido anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e que reúne espaços museológicos de todo país. O tema desta edição do evento é “Museus e Paisagens Culturais” e pretende discutir sobre o espaço geográfico das cidades e a questão cultural.  Como um dos objetivos do MBF é propiciar aos seus visitantes uma imersão ao universo do esporte mais popular do planeta, o futebol de várzea e sua relevância nos espaços urbanos ganhará destaque no Gigante da Pampulha.

Nesta quarta-feira (18) o MBF, em parceria com a Fundação Municipal de Cultura e a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, abrirá a exposição fotográfica “Futebol Amador: Patrimônio e Paisagem Cultural”, com um olhar do fotógrafo Pedro Vilela sobre o futebol de várzea em Belo Horizonte. Serão expostas 11 fotografiasque retratam o entorno dos campos, os atletas e os times, com o objetivo de debater o futebol amador como um patrimônio cultural e urbano da cidade. A exposição será aberta ao público às 14h e ficará em cartaz até o final de junho.

Segundo o coordenador do MBF, Thiago Costa, a ideia é refletir como a cidade e seus habitantes veem e entendem os campos de várzea. “Propusemos trazer ao Mineirão, espaço consolidado como palco do futebol profissional, um contraponto para a importância do futebol amador como formador de atletas, sociabilidades e memórias individuais e coletivas”, disse. O coordenador completa afirmando que esses espaços podem ser vistos como importantes locais de lazer, cultura ou de outro tipo de apropriação. 

Também na quarta-feira, a partir das 9h, o auditório do espaço cultural do Mineirão receberá mesas redondas que pretendem apresentar questões sobre o futebol amador como um patrimônio cultural da cidade. Participarão dos debates profissionais do Mineirão, da Federação Mineira de Futebol, da Fundação Municipal de Cultura, da UFMG, da secretaria Municipal de Esportes e Lazer e entusiastas do futebol amador, uma das mais abrangentes atividades esportivas e de lazer da cidade. O evento é gratuito e aberto ao público em geral.

Outro atrativo da programação da 14ª Semana de Museus, serão as inserções do Educativo do MBF na exposição fotográfica temporária, propondo uma imersão e reflexão das questões que envolvem o futebol amador como um patrimônio urbano e cultural, com o uso de mapas e outros recursos. Essa atividade acontecerá desta terça-feira (17) até domingo (22).


Inventário

Durante a mesa redonda que acontecerá no dia 18 de maio, a Fundação Municipal de Cultura e a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer apresentarão o projeto do ‘Inventário do Futebol Amador em Belo Horizonte’. Esse material pretende reunir informações básicas, dados históricos, identificações de relações dos times e espaços de jogos com a comunidade do entorno, registros fotográficos e entrevistas com os envolvidos. Levantamentos preliminares apontam que existem aproximadamente 150 campos de futebol de várzea na capital mineira.

A iniciativa tem por objeto subsidiar tanto o desenvolvimento das políticas públicas de esporte, quanto as medidas voltadas para o registro e a preservação do patrimônio cultural do município.