31 de julho de 2017

URT elimina o Villa Nova e está a 2 jogos da Série C

Foto: Toninho Cury/AG Esporte

Foi uma pena os dois terem se cruzado nessas oitavas de final, mas só um segue com o sonho vivo de ascender à Série C no ano que vem. E é a União Recreativa dos Trabalhadores que conseguiu um empate diante do Villa Nova jogando no Alçapão do Bonfim e carimbou a vaga para a próxima fase, que a deixa a apenas 2 jogos da terceira divisão nacional. O Trovão Azul garantiu a vaga no regulamento do gol fora de casa já que a primeira partida disputava em Patos de Minas no último domingo ficou no empate de 0 x 0. A URT agora enfrentará o Globo-RN decidindo uma das vagas na Série C do ano que vem.

O jogo

Após o empate sem gols em casa, a URT sabia que não poderia jogar esperando os donos da casa que contavam com o apoio maciço de sua torcida que lotou as arquibancada do Castor Cifuentes. E o técnico Rodrigo Santana desde o início colocou o time pra frente, assustando um pouco o adversário. O gol saiu aos 31 minutos do primeiro tempo com Rafael Oller que aproveitou cruzamento de Rafael Ferro e tocou para abrir o placar. O Villa parecia nervoso e mesmo após ter sofrido o gol levou pouco perigo a meta de Juninho. No final da primeira etapa o Leão mandou uma bola na trave após um erro do zagueiro Diego Borges da URT que cabeceou contra o próprio gol. ,

Foto: FMF

No intervalo o técnico Ito Roque mudou a postura do time que saía mais para o ataque e buscava mais o gol adversário. Logo aos 7 minutos Elias sofreu pênalti que Rafael Morisco bateu e igualou o placar. Daí em diante foi pressão do Villa que precisava somente de mais um gol, mas encontrou uma defesa muito bem armada da URT que segurou o ataque dos donos da casa de todas as formas. Ao final da partida o lateral Rafael Ferro foi expulso, deixando o time visitante com 10 homens em campo, mas a pressão do Villa ainda no final não surtiu efeito.

VILLA NOVA: Renan, Nequinha, Otávio, Rafael Freitas e Marcelo; Elias, Paulo Vítor (Lourival), Johnatan (Eduardo) e Bruno (Tony); Carrara e Douglas.Téc.: Ito Roque

URT: Juninho, Rafael Ferro, Diego Borges, Victor Salinas e Fábio Alves; Leandro, Jean, Rafael Oller e Marcos Vinícius (Thiago Brito); Douglas Skillo (Ramos) e Felipe Alves (Leo Fioravanti). Téc.: Rodrigo Santana

A decisão contra o Globo começa já na próxima semana e o primeiro jogo será no estádio Zama Maciel em Patos de Minas. No outro domingo a URT decide o acesso na cidade de Ceará Mirim, na região metropolitana de Natal.

Com o calendário vazio na próxima temporada, resta ao Leão do Bonfim torcer para a própria URT conseguir o acesso diante do Globo. Isso porque o Trovão conquistou a vaga na Série D 2018 via Campeonato Mineiro e caso suba, o Villa herdará a vaga já que é o próximo na classificação. Também estão garantidos no ano que vem a Caldense e o Uberlândia. 


Outros classificados

O Globo-RN, adversário do Trovão tinha a situação tranquila, já que havia vencido o primeiro jogo diante do Guarany de Sobral-CE por 1-0 na casa do adversário e neste domingo em seus domínios venceu novamente por 3-1. Camisa mais pesada da quarta divisão nacional, o América rebaixado no ano passado também trilha o caminho de volta e eliminou o Ceilândia-DF também com duas vitórias. Neste domingo bateu o time do Distrito Federal por 2-1 na Arena das Dunas. No confronto entre os baianos, melhor para a Juazeirense que também se aproveitou do regulamento do gol fora de casa para eliminar do Fluminense de Feira de Santana, dessa vez com um empate por 0-0. O time do norte da Bahia havia empatado o primeiro jogo por 3-3 na casa do adversário. Houve apenas um caso de reversão de placar, foi no confronto entre Atlético-AC e Gurupi-TO. O time tocantinense havia vencido o primeiro jogo por 1-0 em casa, mas neste domingo foi derrotado por 3-0. 

O tradicional América-RN quer voltar aos bons tempos

Nos demais jogos as classificações só vieram após disputa de pênaltis. O Operário de Ponta Grossa-PR que não conseguiu retornar a elite do Campeonato Paranaense, vai trilhando o caminho do acesso nacional. O time paranaense devolveu a derrota de 1-0 para o Espírito Santo e nos pênaltis levou a melhor vencendo por 4-2. O confronto entre São José-RS e São Bernardo-SP não saiu do zero no placar e na disputa de pênaltis o "Zequinha" de Porto Alegre levou a melhor e venceu por 4-3 jogando em fora de casa. Maranhão e Santos-AP também repetiram o empate, dessa vez por 2-2 e o time de São Luís levou a melhor por 4-3 nas penalidades.

Os confrontos são:

Juazeirense-BA x América-RN
Maranhão x Operário-PR
São José-RS x Atlético-AC
URT x Globo-RN