12 de agosto de 2017

URT cai nos penaltis e perde a vaga na Série C em 2018


Foi por muito pouco. Mas a URT parou na cobrança de pênaltis. Após vencer o primeiro jogo do mata-mata por 1-0 no estádio Zama Maciel em Patos de Minas no último domingo, o Trovão não conseguiu administrar a vantagem e acabou sendo derrotado pelo mesmo placar, que levou a disputa para os pênaltis. Aí foi a vez do goleiro Dasaev – que entrou no começo do jogo para substituir o titular Rafael que se lesionou – brilhar e defender 2 cobranças colocando o time de Ceará-Mirim na Série C de 2018. Para a URT fica o consolo de ter sido o melhor time mineiro na competição, além de já estar garantido para a competição do ano que vem.


O jogo


A torcida de Ceará-Mirim se mobilizou para apoiar o time da casa. Mas a coisa parecia complicada para o time da casa, já que logo no início da partida o goleiro Rafael sentiu uma lesão na perna esquerda e precisou ser substituído, dando lugar a Dasaev. O Globo começou forte no ataque, mas parava sempre no bom posicionamento defensivo da URT, que assustava por diversas vezes no contra-ataque. A primeira grande chance foi do time de Patos em contra ataque puxado por Douglas Skilo que cruzou e o atacante Felipe cabeceou bem obrigando o goleiro do Globo a fazer grande defesa. A resposta do time da casa veio com Renatinho Potiguar que invadiu a área e finalizou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Douglas Skilo ainda obrigou Dasaev a fazer grande defesa no final do primeiro tempo em finalização de fora da área.

Goleiro Rafael do Globo saiu de maca após se lesionar

Após o intervalo, o time da casa que precisava do resultado partiu para o ataque de vez. Nos primeiros minutos Carioca levantou na área, passando com perigo a frente do gol de Juninho, mas ninguém chegou para concluir. Na segunda tentativa, Denis não conseguiu completar o cruzamento. O Globo só conseguiu furar a defesa da URT na bola parada, após cobrança de falta de Renatinho Carioca sem chances para Juninho. No final do jogo o atacante Denis mandou a direita do gol adversário com perigo, mas não conseguiu o gol da classificação levando a decisão para os pênaltis.

Na disputa de pênaltis, Romarinho abriu o placar para o Globo enquanto Thiago Brito empatou. Reinaldo marcou para o time da casa e Felipe Alves perdeu o primeiro da URT, ao tentar bater de cavadinha. O atacante pegou errado e a bola foi pra fora. Carioca chutou na trave, dando a URT a chance de igualar o placar, mas Fabio Alves parou na defesa de Dasaev. Então o experiente goleiro Juninho brilhou para a URT, defendendo o chute de Renatinho Potiguar, eqnautno Thiago Brito igualou o marcador. Denis marcou para o Globo e a responsabilidade ficou nos pés do atacante Marques, que parou na defesa de Dasaev. O Globo carimbou o passaporte e é o primeiro time a garantir a vaga na Série C de 2018.

O abraço da comemoração entre os goleiros Dasaev e Rafael


GLOBO-RN: Rafael (Dasaev); Geovane (João Victor), Jamerson, Negretti e Renatinho Carioca; Reinaldo, Thiago Lima (Eduardo), Erick e Renatinho Potiguar; Romarinho e Denis.Téc.: Luizinho Lopes

URT: Juninho; Rafael Ferro, Diego Borges, Victor Salinas e Fábio Alves; Jean (Marielson), Marquinhos (Thiago Brito) e Leandro; Felipe Alves, Rafael Oller e Douglas Iskilo (Marques). Téc.: Rodrigo Santana


O patense Fábio Jr. foi o ÚNICO torcedor da URT presente em Ceará-Mirim
representando centenas de torcedores azulinos. 
Foto: AG Esporte


A URT perdeu a chance de se igualar a Tupi e Tombense que em 2011/2013 e 2014 subiram da quarta divisão nacional para a terceira. E igualou o feito do Uberaba ao parar nas quartas de final. O Zebu foi eliminado por duas vezes consecutivas no mata-mata de acesso da Série D em 2009 e 2010, perdendo para Alecrim-RN e Araguaína-TO, sendo a última também nos pênaltis.

A URT já tem a vaga na Série D de 2018 garantida, já que terminou o Campeonato Mineiro 2017 entre os semifinalistas, conseguindo pelo segundo ano consecutivo o título simbólico de “campeão do interior”