10 de outubro de 2017

Patrocinense pode mandar seus jogos fora de Patrocínio em 2018



A Patrocinense que retorna a elite do futebol mineiro em 2018 pode mandar seus jogos fora da cidade de Patrocínio durante a competição. Tudo que parecia acertado com a prefeitura municipal em relação a mandar os jogos da equipe no estádio Pedro Alves parece ter ruído após uma entrevista do prefeito Deiró Marra a uma rádio local, no qual disse que a administração do estádio ficará a cargo da Secretaria de Esportes do município e não do clube. Com isso, a prefeitura ficaria com a renda dos bares e também do estacionamento do estádio, deixando para a Patrocinense somente o lucro da venda de ingressos nas bilheterias.

De acordo com a rádio Difusora de Patrocínio, na última sexta-feira o prefeito não recebeu os dirigentes da Patrocinense para tentar um acordo quanto a administração das rendas do estádio. Em entrevista a mesma rádio, o presidente do clube Maurício Cunha diz que vai continuar tentando uma solução para o imbróglio e uma delas seria até mesmo mandar os jogos da equipe em alguma cidade próxima a Patrocínio. Patos de Minas (estádio Bernardo Rubinger do Mamoré), Uberaba e Araxá já teriam até mesmo manifestado interesse em receber as partidas do time grená no Mineiro.

O estádio Pedro Alves era a solução da Patrocinense para jogar diante de sua torcida na primeira divisão do Mineiro, uma vez que o acanhado Julio Aguiar onde o time mandou seus jogos no Módulo 2 não possui as condições necessárias para receber as partidas. A prefeitura em parceria com o clube iniciou no último mês de agosto as reformas do Pedro Alves como ampliação dos banheiros e dos bancos de reservas, colocação de alambrado separando a torcida do campo e entre as torcidas, instalação de torres de iluminação e construção de rampas e banheiros com acessibilidade para cadeirantes, reforma e pintura geral de todo o estádio além de construída nova portaria, sanitários para a torcida visitante e bares.

A diretoria do clube emitiu uma nota oficial sobre o assunto